quarta-feira, 27 de maio de 2009

O CIGARRO E SUAS CONSEGUENCIAS

ESTAMOS NA SEMANA DE COMBATE AO TABAGISMO

Introdução
O cigarro é um dos produtos de consumo mais vendidos no mundo. Comanda legiões de compradores leais e tem um mercado em rápida expansão. Satisfeitíssimos, os fabricantes orgulham-se de ter lucros impressionantes, influência política e prestígio. O único problema é que seus melhores clientes morrem um a um.
A revista The Economist comenta: “Os cigarros estão entre os produtos de consumo mais lucrativos do mundo. São também os únicos produtos (legais) que, usados como manda o figurino, viciam a maioria dos consumidores e muitas vezes o matam.” Isso dá grandes lucros para a indústria do tabaco, mas enormes prejuízos para os clientes.
Segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças, dos Estados Unidos, a vida dos fumantes americanos é reduzida, coletivamente, todo ano, em uns cinco milhões de anos ,cerca de um minuto de vida a menos para cada minuto gasto fumando.“ O fumo mata 420.000 americanos por ano”, diz a revista Newsweek. “Isso equivale a 50 vezes mais mortes do que as causadas pelas drogas ilegais”.




O Que Vai no Cigarro
Até setecentos aditivos químicos talvez entrem nos ingredientes utilizados na fabricação de cigarros, mas a lei permite que os fabricantes guardem a lista em segredo. No entanto, constam entre os ingredientes matais pesados, pesticidas e inseticidas. Alguns são tão tóxicos que é ilegal despejá-los em aterros. Aquela atraente espiral de fumaça está repleta de umas 4.000 substâncias, entre as quais acetona, arsênico, butano, monóxido de carbono e cianido. Os pulmões dos fumantes e de quem está perto ficam expostos a pelo menos 43 substâncias comprovadamente cancerígenas.
centenas de substâncias nocivas estão presentes no cigarro.




O Que Há por Trás do Cigarro
No mundo todo, três milhões de pessoas por ano -seis por minuto- morem por causa do fumo, segundo o livro Mortality From Smoking in Developed Countries 1950-2000, publicado em conjunto pelo Fundo Imperial de Pesquisas do Câncer, da Grã-Bretanha, pela OMS(Organização mundial de Saúde) e pela Sociedade Americana do Câncer. Essa análise das tendências mundiais com relação ao fumo, a mais abrangente até a presente data, engloba 45 países. “Na maioria dos países”, adverte Richard Peto, do Fundo Imperial de Pesquisas do Câncer, “o pior ainda está por vir. Se persistirem os atuais padrões de tabagismo, quando os jovens fumantes de hoje chegarem à meia-idade ou à velhice, haverá cerca de 10 milhões de mortes por ano causadas pelo fumo - uma morte a cada três segundos.
O fumo é diferente de outros perigos”, diz o Dr. Alan Lopez, da OMS. “Termina matando um em cada dois fumantes”. Martin Vessey, do Departamento de Saúde Pública da Universidade de Oxford, diz algo parecido: “Essas constatações no período de 40 anos levam à terrível conclusão de que metade de todos os fumantes terminará morrendo por causa desse hábito – uma idéia muito aterradora.” Desde a década de 50,60 milhões de pessoas morreram por causa do fumo. Essa idéia é muito aterradora também para a indústria do tabaco. Se todo ano, no mundo todo, três milhões de pessoas morrem por motivos ligados ao fumo, e muitas outras param de fumar, então todo ano é preciso encontrar três milhões de novos fumantes.
Uma fonte de novos fumantes surgiu por causa do que a indústria do tabaco aclama como liberação das mulheres. O fumo entre as mulheres é fato consumado já por alguns anos nos países ocidentais e agora está ganhando terreno em lugares em que se via nisso um estigma. Os fabricantes de cigarro pretendem mudar tudo isso. Querem ajudar as mulheres a comemorar a prosperidade e a liberação recém – conquistadas. Marcas especiais de cigarro que alegam ter baixos de nicotina e alcatrão engodam as mulheres que fumam e que acham esse tipo de cigarro menos prejudicial. Outros cigarros são perfumados ou então são longos e finos – o visual que as mulheres talvez sonhem conseguir fumando. Os anúncios de cigarro na Ásia apresentam modelos orientais, jovens e chiques, elegante e sedutoramente vestidas no estilo ocidental.

No entanto, o saldo de mortes relacionadas com o fumo ganha terreno, junto com a “liberação” feminina. O número de vítimas de câncer de pulmão entre as mulheres dobrou nos últimos 20 anos na Grã-Bretanha, no Japão, na Noruega, na Polônia e na Suécia. Nos Estados Unidos e no Canadá, os índices aumentaram 300%. “Você percorreu um longo caminho, garota!”, diz um anúncio de cigarro. Alguns fabricantes de cigarro têm sua própria estratégia. Certa empresa nas Filipinas, país predominantemente católico, distribuiu calendários gratuitos em que logo abaixo da imagem da Virgem Maria aparecia, descaradamente, o logotipo do cigarro.
“Nunca tinha visto nada igual”, disse a Dra.Rosmarie Erban, conselheira de saúde da OMS, na Ásia. “Estavam tentando relacionar o ícone ao fumo, para que as mulheres filipinas não se sentissem culpadas diante da idéia de fumar.” Na China, calcula-se que 61% dos homens adultos fumam, contra apenas 7% das mulheres. Os fabricantes ocidentais de cigarro estão de olho na “liberação” dessas belas orientais, milhões das quais por muito tempo foram privadas dos “prazeres” desfrutados pelas glamorosas ocidentais. Mas há uma pedra enorme no caminho: o fabricante estatal de cigarro supre o mercado com a maior parte do produto.

As empresas ocidentais, porém, estão gradualmente conseguindo abrir as portas. Com oportunidades limitadas de publicidade, alguns fabricantes de cigarro procuram preparar o terreno para ganhar futuros clientes à surdina. A China importa filmes de Hong Kong, e em muitos deles os autores são pagos para fumar – um marketing sutil! Em vista do aumento das hostilidades em seu próprio país, a próspera indústria norte-americana do tabaco está estendendo seus tentáculos para aliciar novas vítimas. Os fatos mostram que os países em desenvolvimento são seu alvo, não importa o custo em vidas humanas.
No mundo todo as autoridades sanitárias soam o alarme. Algumas manchetes: “África combate nova praga: o fumo.” “Fumaça vira fogo na Ásia enquanto o mercado tabagista dispara.” “Índices de consumo de cigarro na Ásia causarão epidemia de câncer.” “A nova batalha do Terceiro Mundo é contra o fumo” O continente africano tem sido castigado por secas, por guerras civis e pela epidemia da AIDS. No entanto, diz o Dr.Keith Ball, cardiologista britânico, “com exceção da guerra nuclear ou da fome, o fumo é a maior ameaça para a saúde da África no futuro”.
Gigantes multinacionais contratam lavradores para cultivar tabaco. Estes derrubam árvores cuja madeira é extremamente necessária para cozinhar, aquecer ambientes e construir casas e a usam como combustível para a cura do tabaco. Cultivam lucrativas plantações de tabaco em vez de produtos alimentícios menos lucrativos. Os africanos pobres geralmente gastam grande parte de sua escassa renda em cigarro. As famílias africanas definham, desnutridas, enquanto os cofres dos fabricantes ocidentais de cigarro engordam com os lucros.




A Praga se Espalha Pelo Mundo
A África, a Europa Oriental e a América Latina são o alvo dos fabricantes ocidentais de cigarro, que vêem nos países em desenvolvimento uma gigantesca oportunidade comercial. Mas a populosa Ásia é de longe a maior mina de ouro de todos os continentes. Só a china atualmente tem mas fumantes do que toda a população dos Estados Unidos – 300millhões. Eles fumam o total assombroso de 1,6 trilhão de cigarro por ano, um terço do total consumido no mundo!

“Os médicos dizem que as implicações do estouro do fumo na Ásia são nada menores que aterradoras”, diz o jornal New York Times Richard Peto calcula que, dos dez milhões de mortes relacionadas com o fumo que se espera que ocorram todo ano nas próximas ou três décadas, dois milhões se darão na China. Cinqüenta milhões de crianças chinesas hoje vivas podem vir a morrer de doenças ligadas ao fumo, diz Peto. O Dr.Nigel Gray resumiu isso nas seguintes palavras: “A história do fumo nas últimas cinco décadas na China e na Europa Oriental condena esses países a uma grande epidemia de doenças ligadas ao fumo.

“Como pode um produto que é a causa de 400 mil mortes prematuras por ano nos EUA, um produto que o Governo norte-americano quer a todo custo que seus cidadãos deixem de consumir, de repente tornar-se diferente fora das fronteiras americanas!”, perguntou o Dr.Prakit Vateesatokit, da Campanha Antifumo da Tailândia. “Será que a saúde se torna irrelevante quando o mesmo produto é exportado para outros países?.
A próspera indústria de tabaco tem no governo dos Estados Unidos um aliado poderoso. Juntos lutam para ganhar terreno no exterior, especialmente nos mercados asiáticos. Por anos os cigarros americanos foram impedidos de entrar no mercado do Japão, Taiwan (Formosa), Tailândia e outros países, porque alguns desses governos tinham seus próprios monopólios sobre produto do tabaco. Grupos antifumo protestam contra as importações, mas a administração norte-americana usou uma arma persuasiva: tarifas punitivas .

A partir de 1985, sobre intensa pressão do Governo dos Estados Unidos, muitos países asiáticos abriram as portas, e os cigarros americanos estão invadindo o mercado. As exportações americanas de cigarro para a Ásia aumentaram 75% em 1988.
Talvez as vítimas mas trágicas da competitividade no mundo do fumo sejam as crianças um estudo divulgado na revista The Journal of the American Medical Association diz que “as crianças e os adolescente constituem 90% de todos os novos fumantes.
Um artigo na revista U.S.News & Would Report calcula em 3,1 milhões a quantidade de fumantes adolescente nos Estados Unidos. Todo dia, 3.000 jovens começam a fumar – 1.000.000 por ano. A publicidade de certo cigarro apresenta a imagem de um personagem de desenhos animados, muitas vezes com um cigarro na boca, um camelo que adora se divertir e vive atrás dos prazeres da vida. Essa publicidade é acusada de engodar crianças e adolescentes, tornando-os escravos da nicotina, antes que compreendam os riscos para a saúde. Em apenas três anos de divulgação dessa publicidade, o fabricante teve um aumento de 64% nas vendas para adolescentes. Um estudo realizado na Faculdade de Medicina da Geórgia (EUA) constatou que 91% das crianças de seis anos de idade que foram avaliadas conheciam esse camelo fumante.

Outro personagem muito conhecido no mundo do cigarro é o cowboy machão, despreocupado, cuja mensagem, nas palavras de um rapaz, é: “quando você está fumando, ninguém o segura”. Consta que o produto de consumo mais vendido no mundo é um cigarro que controla 69% do mercado entre os fumantes adolescentes e que a marca que mais investe em publicidade. Como um incentivo a mais, todo maço traz cupons que podem trocados por jeans, bonés e roupas esportivas do gosto da moçada.
Reconhecendo o tremendo poder da publicidade, grupos antifumo conseguiram que se proibissem em muitos países os anúncios publicitários de cigarro na televisão e no rádio. Mas um jeito que os espertos anunciantes de cigarro acharam de driblar o sistema foi colocar outdoors em pontos estratégicos em eventos esportivos. É por isso que numa partida de futebol televisionada para uma grande audiência de jovens talvez apareça, em primeiro plano, a imagem do jogador favorito desses telespectadores, prestes a fazer uma jogada, e em segundo plano, sorrateiramente, um enorme outdoor.

Aqui no Brasil, a minissérie Presença de Anita , chamou a atenção aos vários cigarros consumidos pela protagonista de apenas 18 anos. A representação foi tamanha, ao ponto da própria atriz tornar-se dependente. A mensagem descarada é que fumar dá prazer, boa forma, virilidade e popularidade. “Onde eu trabalhava”, disse um consultor de publicidade, “tentávamos de tudo para influenciar a garotada de 14 anos a começar a fumar”. Os anúncios na Ásia apresentam ocidentais atléticos, saudáveis e cheios de juventude, divertindo-se a valer em praias e quadras esportivas – fumando, é claro. “Top models e estilos de vida ocidentais criam padrões glamorosos a imitar”, comentou um informe de marketing, “e os fumantes asiáticos nunca se fartam disso”.




Não Fumantes em Risco
Você mora, trabalha ou viaja com fumantes inveterados? Então talvez corra o risco ainda maior de contrair câncer de pulmão ou doenças cardíacas. Um estudo realizado em 1993 pela Agência para Proteção do Meio ambiente (EPA, em inglês) concluiu que a fumaça de cigarro no ambiente é um carcinógeno do Grupo A, o mais perigoso. O relatório analisou exaustivamente os resultados de 30 estudos da fumaça produzidas pelo cigarro em repouso e da fumaça expelida depois de tragada.
A EPA diz que a inalação passiva da fumaça de cigarro é responsável pelo câncer de pulmão que mata 3.000 pessoas todo o ano nos Estados Unidos. A Associação Médica Americana confirmou essas conclusões, em junho de 1994, com a publicação de um estudo que revela que as mulheres que nunca fumaram, mas que inalam fumaça de cigarro no ambiente, correm um risco 30% maior de contrair câncer de pulmão do que outras pessoas que também nunca fumaram.

No caso das crianças pequenas, a fumaça de cigarro resulta em 150.000 a 300.000 casos anuais de bronquite e pneumonia. A fumaça agrava os sintomas de asma em 200.000 a 1.000.000 de crianças todo o ano nos Estados Unidos. A Associação Cardíaca Americana calcula que ocorram, todo o ano, 40.000 mortes por doenças cardiovasculares causadas pela fumaça de cigarro no ambiente. Um levantamento feito pela equipe de José Rosember, pneumologista brasileiro, avaliou os efeitos do tabagismo na saúde de 15 mil crianças entre zero e um ano. Nas famílias em que o pai fuma, cerca de 25%das crianças apresentou problemas respiratórios. Quando a mãe é fumante o número passa para 49%, pois ela tem mais contato com

Em 2002, o governo brasileiro estampará nos maços de cigarro, imagens e alertas aterradores, como por exemplo uma doente grave aparecendo num leito de hospital com câncer de pulmão. Terá também imagens de crianças prematuras para alertar o fumo durante a gravidez e frases de efeito como “Fumar causa impotência sexual”. Será a maior ofensiva contra os mais de 30 milhões de viciados, que segundo o Ministério da Saúde mata 80 mil brasileiros por ano.
Mas, para quem quer se livrar da dependência, a medicina está trazendo tratamentos desde terapias e antidepressivos até chicletes e adesivos de nicotina. Já existem várias alternativas contra o cigarro, segundo o psiquiatra Montezuma Ferreira, do Ambulatório de Tabagismo do Hospital das Clínicas de São Paulo “Hoje é mais fácil parar de fumar”.

Algumas dessas alternativas se baseiam na reposição de nicotina. O fumante é poupado dos efeitos da interrupção repentina do hábito, como a irritabilidade. Então, se oferece ao corpo a nicotina mas em doses menores até que ele dispense a substância, como é o caso do chiclete e do adesivo de nicotina. Há outros tratamentos que usam antidepressivos, com bupropriona (Zyban, da empresa Glaxowellcome). Mas ainda não se sabe como ele funciona contra a dependência. Acredita-se que a droga aumente o efeito de substâncias como a seretonina e a dopanina. Assim, o fumante teria as mesmas sensações de bem-estar causadas pela nicotina. Porém, esses tratamentos são recomendados para pacientes que fumam mais de quinze cigarros por dia, ou seja, um alto grau de dependência.

Há até técnicas para quem, durante o tratamento, sente um desejo incontrolável de fumar. Trata-se de um sray de nicotina. Ao bater aquela vontade de tragar, o fumante pode borrifar um pouco do líquido no nariz. Mas esse produto só existe nos Estados Unidos. Já descobriu-se que o cérebro possui receptores de nicotina, espécies de fechadura localizadas nas células nas quais o composto se encaixa. A partir daí começam a ser liberadas no corpo substâncias como a seretonina, catecolamida e dopamina. Elas estão envolvidas no processamento de sensações como bom-humor e relaxamento. Com o tempo, o corpo se acostuma com a nicotina e precisa cada vez mais dela para sentir as mesmas coisas. Está consolidada a dependência.
Sabe-se também que além da nicotina, o outro vilão é o alcatrão. Ele causa alterações nas células que podem levar ao desenvolvimento de vários tipos de câncer como o de pulmão e o de boca.




Constatações de 50.000 Estudos
A seguir temos uma pequena amostra do que preocupa os pesquisadores com relação ao fumo e à saúde:
Câncer de Pulmão:
87% das mortes por câncer de pulmão ocorrem entre os fumantes.


Doenças Cardíacas:
os fumantes correm um risco de 70% maior de apresentar doenças cardíacas


Câncer de Mama:
as mulheres que fumam 40 ou mais cigarros por dia têm uma probabilidade 74% maior de morrer de câncer de mama.


Deficiências Auditivas:
os bebês de mulheres fumantes têm maiores dificuldades em processar sons.


Complicações da Diabetes:
os diabéticos que fumam ou que mascam tabaco correm maior risco de ter graves complicações renais e apresentam retinopatia (distúrbios da retina) de evoluções mais rápidas.


Câncer de Cólon:
dois estudos com mais de 150.000 pessoas mostram uma relação clara entre o fumo e o câncer de cólon.


Asma:
a fumaça pode piorar a asma em crianças


Predisposição ao Fumo:
as filhas de mulheres que fumavam durante a gravidez têm quatro vezes mais probabilidade de fumar também.


Leucemia:
suspeita-se que o fumo cause leucemia mielóide.


Contusões em Atividades Físicas:
segundo um estudo do Exército dos Estados Unidos, os fumantes têm mais probabilidades de sofrer contusões em atividades físicas.


Memória:
doses altas de nicotina podem reduzir a destreza mental em tarefas complexas.


Depressão:
psiquiatras estão investigando evidências de que há uma relação entre o fumo e a depressão profunda, além da esquizofrenia.


Suicídio:
um estudo feito entre enfermeiras mostrou que a probabilidade de cometer suicídio era duas vezes maior entre as enfermeiras que fumavam.


Outros perigos a acrescentar à lista:
câncer da boca, laringe, gargantas, esôfago, pâncreas, estômago, intestino delgado, bexiga, rins e colo do útero; derrame cerebral, ataque cardíaco, doenças pulmonares crônicas, distúrbios circulares, úlceras pépticas, diabetes, infertilidade, bebês abaixo do peso, osteoporose e infecções dos ouvidos. Pode-se acrescentar ainda o perigo de incêndios, já que o fumo é a principal causa de incêndios em residências, hotéis e hospitais.





O Pulmão e o Coração

Ilustração do
Pulmão Humano O pulmão humano é composto de pequenos glóbulos chamados alvéolos. O fluxo de sangue e a irrigação sanguinia entre o coração e o pulmão são intensos. A fumaça do cigarro prejudica diretamente o funcionamento do sistema coração-pulmão. Com o passar do tempo os alvéolos pulmonares vão sendo cimentados pelos componentes da fumaça do cigarro, deixando de fazer sua função. O organismo então passa a ter menor oxigenação dos tecidos, resultando em maior facilidade de cansaço para o fumante. O cigarro também causa inúmeros danos ao coração, tal como infarto.




É Possível Libertar-se
Milhões de pessoas conseguiram se libertar do vício da nicotina. Se você fuma, você também poderá largar esse hábito prejudicial.
Aqui vão algumas dicas:


Saiba de antemão o que esperar. Os sintomas de abstinência podem incluir ansiedade, irritabilidade, tontura, dor de cabeça, insônia, distúrbios estomacais, fome, fortes desejos de fumar, talvez por causa de um momento estressante (lembre-se de que o impulso em geral passa dentro de cinco minutos), dificuldade de concentração e tremores. Isso não é nada confortável, mas os sintomas mais intensos duram apenas alguns dias e vão desaparecendo à medida que o corpo vai se livrando da nicotina.
Analise sua rotina para ver quando você procurava um cigarro e altere esse padrão, pois a mente estava condicionada por comportamentos associados ao fumo. Por exemplo, se fumava logo após as refeições, crie a determinação de levantar-se logo em seguida e caminhar ou lavar os pratos. Se estiver desanimado por causa de recaídas, não desista.
O importante é continuar tentando.
Parar de fumar é uma coisa. Largar de uma vez por todas o fumo é outra coisa. Estabeleça alvos de abstinência: um dia, uma semana, três meses, para daí então parar de fumar para sempre.
Se a idéia de engordar o incomoda, lembre-se de que os benefícios de parar de fumar superam esses quilinhos a mais. É bom ter frutas e hortaliças à disposição. E beba muita água.

E falando em benefícios ao parar de fumar saiba mais sobre isso:


Vinte minutos depois de deixar o cigarro, a pressão arterial e os batimentos cardíacos retornam ao normal
Um dia depois de largar o vício, as chances de infarto começam a se reduzir
Após três dias, há um aumento da capacidade respiratória
De duas a 12 semanas a circulação sangüínea melhora
No intervalo de 1 a 9 meses a tosse e as infecções das vias aéreas vão cessando. A capacidade física melhora
Em um ano diminui o risco de doença coronariana em 50% Em dez anos caem as chances do aparecimento de câncer
No período de dez a 15 anos o perigo de desenvolver problemas cardíacos se iguala ao de uma pessoa que nunca fumou.





Estatísticas
Mais de 300 pessoas morrem por dia no Brasil em conseqüência ao hábito de fumar. A Organização Mundial de Saúde prevê que, se nada for feito, em 2020 o vício do cigarro levará mais de 10 milhões de pessoas à morte, por ano.

Estatísticas Sobre Uso do Cigarro





Conclusão
O fumo e seus derivados fazem parte do grupo de drogas consideradas de alta periculosidade a saúde humana. Vidas são tragadas pelos malefícios do fumo a cada minuto. Entretanto o lucro gerado pelo fumo movimenta bilhões de dólares todos os anos. Milhares de horas de propaganda a favor do fumo são veiculadas nos meios de comunicação de massa toda semana buscando novos mercados consumidores. Se o fumo é um mal para uns, faz muito bem a outros tantos que usufruem do lucro gerado pelo fumo e seus derivados. A grande maioria entretanto, morre e adoece todos os dias. O fumo traz inúmeras despesas à nossa sociedade.

sexta-feira, 22 de maio de 2009

DIA DO IMIGRANTE "POESIA"

DIA DO IMIGRANTE

Paro nesse breve instante,
homenageando o imigrante
que saiu do país estrangeiro
para o nosso torrão brasileiro.

Seu trabalho foi importante
labutou que nem gigante
e quase sem garantia
fez o pão de cada dia.

Nesse chão que não era seu
ele plantou e colheu
o fruto da sua labuta.

Aproveito essa mensagem
para deixar minha homenagem
a essa gente de muita luta.


Publicado no site: O Melhor da Web em 04/05/2009
Código do Texto: 22827

quinta-feira, 21 de maio de 2009

pastor de ovelhas imagem

DIA DO CAFÉ "PASTOR DE OVELHAS"

Muito longe na Abissínia numa região chamada Kaffa, vivia um pobre e humilde pastor, que passava os dias a guardar um pequeno rebanho de cabras.
Certo dia , ao regressar, percebeu que as cabras pulavam, de contentamento e davam até mais leite.
Qual será o mistério?
Começou a observar o seu rebanho e após vários dias percebeu que algumas de suas cabras alimentavam-se de umas frutinhas vermelhas. Essas cabras produziam mais leite, estavam mais gordas e viviam mais alegres do que as outras.
Entusiasmado, resolveu experimentar aquelas frutinhas.
Como era muito duras, torrou-as, triturou-as com manteiga e comeu aquela massa gordurosa.
O pastor depressa sentiu os efeitos do uso do café: a saúde mais sólida, andava contente e feliz, correndo atrás de suas cabras sem o menor cansaço. Depois que começou a usar o café, ele tornou-se outro homem.
O café se expandiu para outros países tornando uma bebida mundialmente conhecida.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

dia do café

24 de maio dia do café

Há cerca de trezentos anos, o café tem sido uma bebida popular em todo o mundo civilizado, mas pouco se sabe sobre a maneira exata como foi descoberto.

Talvez você tenha ouvido algumas lendas antigas sobre cabras pastando nas montanhas, comendo os frutos do cafeeiro, e em seguida dando cabriolas devido às propriedades estimulantes do café.

Existem outras narrativas que falam sobre um fanático religioso expulso de Moca que se refugiou nas montanhas da Arábia. Ele provou alguns frutos estranhos que cresciam num arbusto. Como eram amargos, ele tentou melhorar o sabor tostando-os sobre o fogo. Isso os tornou quebradiços, e ele tentou amolecê-los na água, e quando a água na qual os grãos estavam imersos se tornou marrom, este Sr. Omar (pois este era o seu nome) bebeu e descobriu como aquilo era bom e revigorante. Isso foi lá pelos idos do século treze. Muito antes disso o café crescia à vontade na Abissínia.

O café, até o final do século dezessete, vinha totalmente da Arábia e era conhecido como Moca, o nome da cidade de sua origem. Mais ou menos naquela época, espertos mercadores holandeses, percebendo a crescente demanda e as perspectivas de um novo comércio, induziram seu governo a experimentar a plantação de café nas possessões das Índias Orientais Holandesas. O governador da Ilha de Java distribuiu sementes em várias partes da Ilha e devido à fertilidade do solo e as condições climáticas favoráveis, logo as plantas se desenvolveram. De Java, o café espalhou-se para as Índias Ocidentais e finalmente para a América do Sul e Central, onde o clima era particularmente propício ao rápido desenvolvimento do cafeeiro. Ali o seu cultivo foi feito de maneira extensiva, até agora, e provavelmente 90% de todo o café cultivado vem do Hemisfério Ocidental.

Assim o centro da produção se mudou do antigo mundo para o novo e, com um começo promissor, o café atualmente é uma das produções mais rentáveis do comércio mundial. O consumo chega a 2 bilhões de quilos, dos quais cerca de 57% são fornecidos pelo Brasil. Os Estados Unidos lideram como país consumidor de café, com cerca de metade de toda a quantidade consumida mundialmente. O consumo per capita excede 7 quilos por ano.

O cafeeiro é plantado com as sementes totalmente amadurecidas, selecionadas com esta finalidade. Quando as mudas atingem trinta centímetros de altura, são levadas para a plantação e dispostas em fileiras, com três metros de distância entre elas. Quando estão totalmente crescidas, atingem a altura de 3 metros ou pouco mais.

Cada arbusto produz anualmente até um quilo e meio de café, depois do quarto ou quinto ano. Os cafeeiros podem produzir até os 100 anos de idade, mas seu período mais produtivo vai do 5º ao 50º ano. A folhagem é de um verde escuro brilhante. As flores são pequenas em formato de estrelas, perfumadas, e crescem em cachos.

O desenvolvimento do fruto exige cerca de seis meses e, quando maduro, tem uma cor vermelho profundo e é conhecido como "cereja". Durante a estação da colheita, os serviços de todos os trabalhadores da fazenda e suas famílias são necessários para que o fruto possa ser colhido rapidamente e encaminhado para os preparativos finais.
O café é preparado de duas maneiras:

1 – O processo natural. 2 – O processo de lavagem.

"O café natural" é obtido permitindo-se que os frutos permaneçam na planta após terem amadurecido. O sol tropical em pouco tempo faz com que a umidade da polpa se evapore, e o fruto se torne enrugado e preto. Neste estágio os trabalhadores fazem os frutos caírem ao chão, onde as mulheres e crianças os varrem e ensacam. São em seguida enviados para o "benefício", ou fábrica, para tratamento. Este consiste de uma rápida lavagem para remoção dos gravetos e outras substâncias estranhas.

As sementes são então espalhadas num pátio de cimento para secar, e permanecem expostas ao sol durante cerca de sete dias. Todas as noites, porém, são juntadas e cobertas com lonas para protegê-las do orvalho, pois a umidade neste estágio seria prejudicial.

Quando o café está totalmente seco, a película externa torna-se quebradiça e pode ser removida facilmente por uma máquina debulhadora.

Os frutos são então separados de acordo com o tamanho e qualidade, após o qual são empacotados para exportação. O processo natural de seleção é usado quase que inteiramente no Brasil.

"O café lavado" exige um manuseio totalmente diferente, como o nome sugere, uma verdadeira lavagem ocorre durante a secagem.

Em vez de tirar os frutos secos dos galhos, como é feito com o "café natural", cada fruto maduro é apanhado individualmente, transportado para uma máquina de polpa, bastante similar à que processa as cerejas. Esta máquina remove a polpa. Deixando o grão de café envolvido numa casca dura como o couro. Os grão são colocados em grandes tanques de cimento ou barris cheios de água. Os frutos permanecem nestes tanques por cerca de vinte a trinta horas. Durante a imersão, ocorre uma fermentação que muda o sabor, produzindo aquilo que se conhece como "acidez".

Depois que o processo de lavagem é completado, o método de secar e debulhar é parecido com o do "café natural". Na aparência, porém, o grão lavado mudou por completo. Está muito mais limpo e com melhor aparência, e quando devidamente lavado e curado, fica de um verde escuro e tem mais valor que o grau correspondente de "café natural". Seu valor aumenta ainda mais quando os grãos imperfeitos ou danificados que não puderam ser removidos pela máquina são retirados à mão. Isso é conhecido como "catar à mão".

O cafeeiro exige clima quente e pode ser cultivado com lucro num cinturão de vinte graus ao norte ou ao sul da linha do Equador. A condição do solo, local da plantação e altitude, todos são vitais para o cultivo do café, e todos têm maior ou menor influência na qualidade do café produzido. Os cafés mais finos vêm das plantações situadas a mil ou mil e quinhentos metros acima do nível do mar, onde os dias são quentes e as noites frescas, e onde os cafeeiros são plantados num solo gradualmente inclinado para melhor drenagem.

A colheita em cada país é similar em aparência e sabor de ano para ano, embora o excesso de chuvas ou a sua falta possa modificar de alguma forma a aparência, e o excesso de umidade durante a estação seca possa provocar um efeito prejudicial na qualidade da bebida.

Há uma grande diferença, especialmente na xícara, do produto de cada país. Cada qual tem suas características peculiares e sabor individual. A mistura do café é realmente uma arte em si. Ao juntar sabores distintos e individuais, em proporções exatas, os especialistas produzem um café delicioso.

Suave estimulante

Os estimulantes são substâncias que excitam os nervos e alguns órgãos do corpo. Os nervos estimulados enviam mensagens ao cérebro e dele para outras partes, com muita rapidez. Isso faz a pessoa agir e pensar de maneira mais alerta e animada.

O café (como o chá) contém cafeína que eleva a pressão sanguínea e age como um leve estimulante. Uma ou duas xícaras diárias de café provavelmente é algo inofensivo para a maioria das pessoas. Porém algumas pessoas acham que beber café antes de ir para a cama pode causar insônia.

Os médicos às vezes aconselham determinados pacientes a se absterem completamente de café, ou a beberem um café descafeinado. Em muitas fábricas e escritórios, portanto, "a pausa para o café" é fornecida aos empregados às custas da empresa. Isso é considerado boa política – e bom investimento, pois a pausa para o café recobra as energias e estimula os trabalhadores a trabalharem com maior eficiência. Para muitas pessoas, o café é simplesmente uma bebida deliciosa, mas para nós ele possui também uma mensagem especial, relacionada à nossa vida espiritual.

Na vida espiritual e religiosa também é possível ficar cansado e desgastado por realizar sempre os mesmos deveres. Durante as preces diárias e o cumprimento de nossas mitsvot podemos nos tornar mecânicos, sem vitalidade e entusiasmo.

Uma "pausa para o café" espiritual, portanto, é necessária. Quais são os estimulantes espirituais que podem renovar a alma como o café renova o corpo?

A própria Torá, com toda a certeza, é o maior estimulante da vida religiosa e espiritual, mas algumas partes da Torá são ainda mais estimulantes para determinadas pessoas. Estas partes são Mussar (ética religiosa) e especialmente a Chassidut, que despertam as qualidade que fornecem vitalidade e entusiasmo no cumprimento de todas as mitvsot.

Existem também alguns dias do ano que agem como estimulantes em nossa vida judaica.
Shabat e Yom Tov, o mês de Tishrei, e ocasiões similares são nossas doses, nossas "xícaras de café" no sentido espiritual. Seu objetivo não é fornecer estimulantes espirituais temporários, mas inspiração para o ano inteiro. No entanto, é provável que o efeito desapareça sob o estresse da rotina diária, que lida principalmente com coisas materiais. Portanto uma "pausa para o café" espiritual, reavaliando nossa atuação no estudo e na prática é uma necessidade vital e permanentemente estimulante.

terça-feira, 19 de maio de 2009

INFOMAÇOES

22 DE MAIO DIA DO MEL.
VOCE SABIA QUE MEL É PURA ENERGIA?
UM QUILO DE MEL CORRESPONDE A :

-50 OVOS
-25BANANAS
-40 LARANJAS
- 1,6 QUILO DE CARNE BOVINA
- 2,6 QUILO DE CARNE DE PEIXE
-15 LITROS DE LEITE.

22 de maio dia do mel

A ABELHINHA DIFERENTE

HÁ MUITOS E MUITOS ANOS ,NUMA TERRA DISTANTE , NASCEU EM UMA LINDA COLMÉIA QUE FICAVA NO TRONCO DE UMA ARVORE A BEIRA DE UM RIACHO,UMA LINDA ABELHINHA.

ELA ERA TOTALMENTE DIFERENTE DAS OUTRAS ABELHAS ; TINHA ASAS AZUIS E BRILHANTES, COMO SE FOSSE UMA FADINHA. O NASCIMENTO DESTA ABELHINHA DIFERENTE ERA O COMENTÁRIO DE TODA A COLMÉIA .A ABELHINHA CRESCIA LINDA E MAGESTOSA A BRINCAR COM AS OUTRAS ABELHINHAS DE SUA IDADE.

UM DIA A ABELHA –RAINHA , A INTELIGÊNCIA DA COLMÉIA, MANDOU CHAMAR A ABELHINHA,QUE PRONTAMENTE LHE ATENDEU :
-HÁ ENTÃO VOCÊ É A ABELHINHA QUE PARECE UMA FADA ?!!!DISSE A RAINHA.

-SIM, RESPONDEU A ABELHINHA TODOS ME CHAMAM DE ABELHINHA FADINHA.

NÃO SE ENGANE DISSE A RAINHA VOCÊ É UMA ABELHA OPERÁRIA E JÁ ESTA NA HORA DE COMEÇAR A TRABALHAR ,AMANHÃ MESMO QUERO QUE SAIA JUNTO COM AS OUTRAS P/ O CAMPO ,UMA ABELHA OPERÁRIA SÓ VIVE 45 DIAS E TEM QUE DAR SUA CONTRIBUIÇÃO ANTES DE MORRER.
A ABELHINHA SAIU ASSUSTADA ,NÃO QUERIA MORRER COM 45 DIAS . QUERIA VIVER ; VIVER MUITO!!! NO OUTRO DIA A ABELHINHA PEGOU SEU BALDINHO E SAIU P/ O TRABALHO.

MAS QUE FLORESTA LINDA EXISTIA LÁ FORA, A BRISA QUE TOCAVA SEU ROSTO E O CHEIRO DAS ROSAS ERA COMO UM PERFUME HIPINOTIZADOR QUE LEVAVA A ABELHINMHA CADA VEZ MAIS P/ DENTRO DA FLORESTA , AS FLORES ERAM LINDAS E ABUNDANTES LOGO SEU BALDINHO JÁ ESTAVA CHEIO DE NECTAR;

PRONTO MISSÃO CUMPRIDA PODIA VOLTAR P/ COLMÉIA ,SUA TAREFA ESTAVA PRONTA.MAS A ABELHA FADINHA SE DEU CONTA QUE TINHA SE AFASTADO DAS OUTRAS OPERÁRIAS , E AGORA NÃO SABIA VOLTAR.JÁ ERA TARDE ,COMEÇOU A ANOITECER ;

O MEDO E O DESESPERO TOMOU CONTA DE SEU CORAÇÃOZINHO.
A ABELHINHA COMEÇOU A CHORAR ! DE REPENTE ELA VOOU EM OUTRA DIREÇÃO E SAIU EM UMA LINDA CLAREIRA , BRILHANTE !

A ABELHINHA NÃO SABIA MAS ESTAVA NO REINO DAS FADAS ; LOGO APARECEU UMA LINDA FADINHA DE ASAS AZUIS IGUAIS AS SUAS . E DISSE:-OLA, VOCÊ ESTA BEM?

-NÃO RESPONDEU A ABELHINHA EU ESTOU PERDIDA ,EXPLICOU.
-NÃO SE PREOCUPE DISSE A FADA , ESTA NOITE VOCÊ DORME AQUI AMANHÃ LEVAREMOS VOCÊ P/ SUA CASA.

A ABELHINHA ASSUSTADA ENTROU NO CASTELO DAS FADAS E PERCEBEU QUE TODAS AS FADAS TINHAM ASAS AZUIS. ABELHINHA FOI CONDUZIDA ATÉ A RAINHA DAS FADAS, QUE PARA SUA SURPRESA PARECIA-SE COM ELA ; ERA UMA “ABELHA LINDA DE ASAS AZUIS” A ABELHINHA TODA CONFUSA DISSE:-PERDOE-ME MAGESTADE, MAS A SENHORA É UMA ABELHA OU UMA FADA?

A RAINHA DEU UMA GARGALHADA E DISSE:
-AS DUAS COISAS “MINHA PRINCESA”.-MINHA PRINCESA ? DISSE A aBELHINHA OBRIGADO PELO CARINHO MAS SOU SÓ UMA ABELHA OPERÁRIA QUE NASCEU DIFERENTE !-

A RAINHA RIU NOVAMENTE E DISSE:-HÁ MUITOS ANOS O PRINCIPE DAS FADAS APAIXONOU-SE POR UMA ABELHINHA , QUE POR AMAR MUITO SEU PRINCIPE FUGIU DA COLMÉIA E VEIO MORAR NO REINO DAS FADAS. AO SABER QUE SUA AMADA MORRERIA COM 45 DIAS O PRINCIPE FEZ UM PEDIDO AO REINO ENCANTADO –AO FINAL DOS 45 DIAS DARIA SUA VIDA PARA QUE SUA AMADA ABELHINHA CONTINUASSE A VIVER., NO FINAL DOS 45 DIAS O PRINCIPE MORREU E SUA AMADA ABELHINHA ASSUMIU O TRONO E SUAS ASAS TORNARAM-SE AZUIS COMO AS DAS FADAS , DEPOIS DE ALGUM TEMPO A ABELHA DE ASAS AZUIS RAINHA DAS FADAS , TEVE UMA LINDA FILHINHA ,( UMA ABELHINHA DE ASAS AZUIS QUE FOI ROUBADA COM TRÊS DIAS DE NASCIDA ).

A ABELHINHA SEM ENTENDER NADA ; DISSE ENTÃO VOCÊ É... SUA MÃE RESPONDEU A RAINHA . VOCÊ É MINHA PRINCESINHA! A ABELHINHA FICOU MUITO FELIZ , POIS PASSOU A CONHECER SUA VERDADEIRA HISTÓRIA ; E FICOU MORANDO NO REINO DAS FADAS P/ SEMPRE AO LADO DA SUA MÃE , MUITO FELIZ !!!
(DIVA WOLFF)



vocabulário:

COLMÉIA: Local de enxame de abelhas.
TRONCO: Caule das árvores.
RIACHO:Rio pequeno.
AZUIS: Cor do céu.
BRILHANTES: Que brilha , cintilante.
FADINHA: Ser imaginário a quem se atribui poderes sobrenaturais.
ABELHA: Inseto que fabrica cera e mel.
MAGESTOSA: Superlativo absoluto , graciosa.

domingo, 17 de maio de 2009

A IMPORTANCIA DA PRIMEIRA INFANCIA

A importância do brincar para a primeira infância
A educação infantil compreende uma etapa na vida da criança na qual ela desenvolve-se no meio onde está inserida nos aspectos cognitivo, afetivo, moral, social e motor, de forma quantitativa e qualitativa. A partir de tal afirmativa, observa-se a importância do brincar para essas crianças, pois através das brincadeiras, elas poderão se desenvolver amplamente, em todos esses aspectos. De acordo com Batista (2005), uma pedagogia que contemple atividade lúdica, ou seja, jogos e brincadeiras enriquecem e ampliam o universo físico, social e cognitivo da criança, contribuindo assim para a estruturação da personalidade do indivíduo apto para atuar na sociedade. A brincadeira é um ato inerente à infância, pois é um ato indispensável à saúde física, emocional e intelectual. Através dela, possibilita-se que a criança desenvolva a linguagem, o pensamento, a socialização, a iniciativa e a auto-estima. Dessa forma, a criança estará sendo preparada para ser um cidadão capaz de enfrentar desafios, que são cada vez maiores na sociedade de hoje. Essa importante etapa da infância perpassa por 2 fases do desenvolvimento de Piaget, que são o período sensório motor (0 a 2 anos) e o período operatório concreto (2 a 7 anos). Cunha (1988) estabelece condutas, ações e tipos de brinquedos e jogos para a aprendizagem e o desenvolvimento infantil, de acordo com as fases do desenvolvimento proposto por Piaget. Segundo a autora, a conduta sensória motora compreende as ações de repetição, reconhecimento sensório motor, generalização sensória motora e o raciocínio prático. Alguns dos brinquedos citados para a faixa etária são: chocalho, cubos, patês de encaixe, brinquedos sonoros, bate-estacas, triciclo, livros etc. Já na conduta operatória concreta, devem ser estimuladas as ações de classificação, seriação, correspondência de agrupamento, relação imagens/palavras, enumeração, operações numéricas, conservação de quantidades físicas, ralações espaciais, relações temporais, coordenadas simples e raciocínio concreto, através de quebra-cabeças, jogos de encaixe, lotos, lousa, giz, boliche, fantoches, dominós, bolas, dentre outros. Através da brincadeira a criança compreende a si e ao outro, tendo todos os seus sentimentos voltados para a interação consigo mesma, com o outro e com o meio onde está inserida. Dessa forma, além de desenvolver-se em todos os aspectos, ela poderá adotar valores e atitudes que a acompanharão toda a sua vida.
Referências: BATISTA, Cleide Vitor Mussini. Brincar, escola e aprendizagem. In: UNIVERSIDADE NORTE DO PARANÁ. Curso normal superior: habilitação para os anos iniciais do ensino fundamental: módulo 6. Londrina: UNOPAR: CDI, 2005.
CUNHA, N. H. S. Brinquedo, desafio e descobertas – subsídios para a utilização e confecção de brinquedos. Rio de Janeiro. FAE, 1988.

modelo de avental "lindo"





OS DIREITOS DA CRIANÇA

1-TODA CRIANÇA TEM DIREITO A IGUALDADE, SEM DISTINÇÃO DE RAÇA,SEXO,RELIGIÃO OU NACIONALIDADE.
2-TEM DIREITO A PROTEÇÃO ESPECIAL, PARA SEU DESENVOLVIMENTO FISICO MENTAL OU SOCIAL.
3-TEM DIREITO A UM NOME E NACIONALIDADE.
4-TEM DIREITO Á ALIMENTAÇÃO,MORADIA,E ASSISTENCIA MÉDICA ADEQUADA, PARA SI E PARA SUA MÃE.
5-TEM DIREITO A EDUCAÇÃO E A CUIDADOS ESPECIAIS QUANDO FOR FÍSICA, MENTAL OU SOCIALMENTE INCAPACITADA.
6=TEM DIREITO AO AMOR E A COMPREENSÃO DOS PAIS E SOCIEDADE.
7-TEM DIREITO A EDUCAÇÃO GRATUITA E AO LAZER.
8-TEM DIREITO A SER SOCORRIDO EM PRIMEIRO LUGAR, EM QUAISQUER CICUSTANCIAS.
9-TEM DIREITO A SER PROTEGIDO CONTRA O ABANDONO E A EXPLORAÇÃO NO TRABALHO.
10-TEM DIREITO A CRESCER DENTRO DE UM ESPIRITO DE SOLIDARIEDADE,COMPREENSÃO, AMIZADE,E JUSTIÇA ENTRE OS POVOS.

MÚSICA NO CEIM.

PARAISÓPOLIS, É A SEGUNDA MAIOR FAVELA DE SÃO PAULO, ENCONTRA-SE RODEADA PELO MURUMBI,UM DOS BAIRROS MAIS RICOS DA CAPITAL PAULISTA. MAS É NO CORAÇÃO DESTA FAVELA QUE SURGIU A ASSOCIAÇÃO BENEFICIENTE DE AMPARO Á CRIANÇA -LAR E CASA HUMILDE , PRESEDIA PELA SENHORA MARIA JOSÉ CREMENTE.TUDO COMEÇOU A MAIS DE TRINTA ANOS QUANDO ELA ACOLHEU UMA CRIANÇA ABANDONADA NA PORTA DE SUA CASA. ATÉ ENTÃO ELA JA AJUDAVA PESSOAS QUE A PROCURAVAM, O FATO DELA TRABALHAR COMO EMFERMEIRA EM CASAS DE PESSOAS RICAS, PARA AS QUAIS PEDIA AJUDA PARA ESSAS PESSOAS ,E DOAVA PARA AQUELAS QUE PRECISAVAM.DEPOIS DE ALGUM TEMPO PRESTANDO SERVIÇO A MAIS DE CENTO E CINQUENTA CRIANÇAS A ASSO CIAÇÃO FOUI LEGALIZADA.A MANUTENÇÃO TEM SIDO FEITA PELA COMUNIDADE,COLABORAÇÃO DE PROFISSIONAIS,ESCOLAS DO BAIRRO,E DE UMA FORMA MAIS AFETIVA ,PELA SENHORA MARILENE GIRÃO QUE AUXILIA NA MANUTENÇÃO DIÁRIA DA ASSOCIAÇÃO REALIZANDO, CONTATO COM PESSOAS,EMPRESAS E OUTRAS ENTIDADES QUE SE DISPONIBILIZA A AJUDAR.SÃO MAIS DE 191 CRIANÇAS ATENDIDAS, E DESTAS, VINTE MORAM NA ASSOCIAÇÃO , POIS FORAM ABANDONADAS E ADOTADAS PELA SENHORAMARIA JOSÉ.O ATENDIMENTO É TURNO INTEGRAL AS CRIANÇAS SÃO TRABALHADAS DENTRO E FORA DA SALA DE AULA, AS REFEIÇOES BALANCEADAS,A FAIXA ETÁRIA É DOS TRES AOS QUINZE ANOS , A PARTIR DAI É DADO O MELHOR ENCAMINHAMENTO POSSIVEL PARA A CRIANÇA.AS CONDIÇOES DO ESPAÇO FISICO AINDA É LIMITADO , MAS A BUSCA NA QUALIDADE NO ATENDIMENTO É CONSTANTE.AS CRIANÇAS RECEBEM AULA DE RECREAÇÃO COM MONITORES , E BRINQUEDOS PEDAGOGICOS. UM BOM TRABALHO DE MUSICA É FEITO JUNTO A ESCOLA NOSSA SENHORA DO MURUMBI, PARTICIPAM DE CORAIS, AULA DE ORGÃO, EM BREVE A ASSOCIAÇÃO TERÁ PROFESSOR DE MUSICA...DE MODO A INFORMAR QUE A MUSICA ESTA PRESENTE NO DIA-A-DIA DAS CRIANÇAS.

sexta-feira, 15 de maio de 2009

O REINO DO ALFABETO- do blog da prof: Créu.


segunda-feira, 11 de maio de 2009

RESUMO DOS PCNS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

APRESENTAÇÃO.

A Educação Infantil se expandiu no Brasil e no mundo para acompanhar a intensificação da urbanização, a participação da mulher no mercado de trabalho e as mudanças estruturais das famílias e a sociedade se tornou mais consciente da importância da primeira infância.
O atendimento às crianças de zero a cinco anos é reconhecido na Constituição Federal de 1988, passando a ser, um dever do Estado e um direito da criança (artigo 208, inciso IV). O Estatuto da Criança e do Adolescente, de 1990, destaca também o direito da criança a este atendimento. Reafirmando essas mudanças. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, Lei no 9.394/96 estabelece o vínculo entre o atendimento às crianças de zero a cinco anos . A educação infantil é considerada a primeira etapa da educação básica (título V, capítulo II, seção II, art. 29), tendo como finalidade o desenvolvimento integral da criança até seis anos de idade (quando ela foi feita ainda não existia o ensino fundamental de nove anos).
A função dos PCNs é contribuir com as políticas e programas de educação infantil, socializando informações, discussões e pesquisas, subsidiando o trabalho educativo de técnicos, professores e demais profissionais da educação infantil e apoiando os sistemas de ensino estaduais e municipais.
Os PCNs da Educação Infantil foram escritos como referenciais e orientações pedagógicas para os profissionais docentes da educação infantil. Os professores podem utilizá-los para consultas, anotações, elaboração de projetos e discussões entre seus colegas e os familiares das crianças que atende. E como referencial, é uma proposta aberta, flexível e não obrigatória, que pode subsidiar os sistemas educacionais, favorecendo o diálogo, só tendo sentido se traduzir a vontade dos sujeitos envolvidos com a educação das crianças.
Considerando-se as especificidades afetivas, emocionais, sociais e cognitivas das crianças de zero a cinco anos, a qualidade das experiências oferecidas que podem contribuir para o exercício da cidadania devem estar embasadas nos seguintes princípios:
• o respeito à dignidade e aos direitos das crianças, consideradas em todas as suas diferenças;
• o direito das crianças a brincar, como forma de expressão, pensamento, interação e comunicação;
• o acesso das crianças aos bens socioculturais disponíveis, ampliando o desenvolvimento das capacidades relativas à expressão, pensamento, interação social, ética, estética e comunicação;
• a socialização das crianças;
• o atendimento aos cuidados essenciais associados à sobrevivência e ao desenvolvimento de sua identidade.
A criança tem direito, antes de tudo, de viver experiências prazerosas nas instituições.

sexta-feira, 1 de maio de 2009

ANJO PROTETOR


ANJO PROTETOR


SER MÃE...

Mãe, é um grande mistério de Deus
É desdobrar a sua vida, em um, dois, tres
e mais filhos que o Criador lhe conceder.

Noites e mais noites sem dormir
coração pulsando de alegria e dor
pela linda criança embalada em seus braços
a qual, muitas vezes entre a vida e a morte
parece até esvaiar-se dela a própria vida.

Mãe, seu filho nunca cresce
é sempre aquela criança mimada
precisando de atenção, cuidado, carinho e proteção.

O amor de mãe, é sempre o mesmo
porque procede do coração de Deus

SAUDADES DA MINHA MÃE


RELÓGIO



IMPORTANTE

Estive observando os meus blogs amigos , quando visitei o INFINITO DA CRIS, e vi esta reportagem que fiquei estarrecida! observe! CLIQUE AQUI, Alerta "Empresas que testam seus produtos em animais"